Constelação Familiar: Tudo sobre essa filosofia que vem transformando vidas

Conteúdo Especial

A Constelação Familiar é um método de terapia breve que vem ganhando espaço e cada vez mais pessoas adeptas à esta abordagem. Saiba mais lendo este conteúdo especial, que preparamos para você. Vamos lá?

Então me diga, você já ouviu falar sobre Constelação Familiar? Provavelmente, em algum momento da sua vida já teve contato com esse termo. Talvez a primeira impressão em relação ao que ele representa, não tenha sido tão clara. E de fato, o termo Constelação Familiar não expressa muitas vezes o real significado e impacto que esta abordagem é capaz de fazer na vida das pessoas.

O que permeia o inconsciente popular, é como se fosse algo mítico, voltado para a magia, esoterismo, astrologia, religião. Alguns, inclusive, creem que a Constelação Familiar é um trabalho mediúnico, de resgate de vidas passadas.

Na verdade, a Constelação Familiar é uma terapia breve, voltada para a resolução de conflitos, dores e histórias familiares, olhando para essas relações de forma sistêmica, com muita compreensão e muito amor! Essa ferramenta é tão poderosa, que pessoas com diversas queixas e dificuldades procuram auxílio para suas vidas, por meio dela e obtém resultados transformadores.

Pessoas com problemas profissionais, de relacionamento com a família, conflitos amorosos, situações jurídicas, além daquelas que desejam encontrar-se ou redescobrir-se em seus caminhos na vida, encontram através dessa abordagem os caminhos de resolução para suas questões.

Aqui no Instituto Ipê Roxo já ajudamos milhares de pessoas que nos procuraram com as mais diversas dificuldades, bem como acompanhamos diversos profissionais que desejam especializar-se nessa abordagem, pois anseiam por ampliar e potencializar seu fazer profissional. Mais à frente, falaremos um pouco mais sobre esses pontos.

Se você deseja saber mais sobre essa poderosa ferramenta de autoconhecimento e cura, bem como compreender como ela transforma vidas, continue a leitura!

Mas, antes de prosseguir, assista abaixo um vídeo da Psicóloga Maria Inês Araújo Garcia Silva. São alguns minutos de puro conhecimento sobre a Constelação Familiar. Você vai gostar!

Agora que você deu alguns passos em direção à compreensão sobre esta abordagem, convido a mergulhar de vez no conteúdo desta página especial que irá lhe conduzir por uma leitura de amor, conhecimento e evolução. Vamos lá?

Constelação Familiar: uma filosofia que transforma vidas!

Vamos ao princípio: de onde surgiu a Constelação Familiar? Ela surgiu a partir dos estudos realizados por Bert Hellinger.

Bert Hellinger Constelação Familiar Instituto Ipê Roxo

Um alemão, que viveu as dores e horrores da guerra, aceitou as feridas e entendeu que essas experiências precisam ser aceitas. Afinal, elas traziam importantes lições e apenas aceitá-las e compreendê-las, é que faria com que ele fosse capaz de encontrar seu verdadeiro propósito. Bert também foi missionário na África e, a partir dos anos 60, começou a trabalhar com grupos terapêuticos. Sua postura ancorada na fenomenologia, alicerçou as experiências nas diversas abordagens psicoterápicas que vivenciou.

Hellinger também estudou psicanálise e Análise Transacional. Todas essas abordagens, ofereceram ricos insights para a criação do que se tornaria a Constelação Familiar que hoje conhecemos.
.

Saiba mais sobre a história de Bert Hellinger!

Clique para ler o artigo

Essa ferramenta de terapia breve, é pautada pela fenomenologia e pela visão sistêmica. A fenomenologia, conceito que foi criado pelo filósofo Edmund Husserl, defensor de que todos os fenômenos e acontecimentos devem ser avaliados e sentidos, seguindo a percepção mental de cada ser humano. Ou seja, é o estudo da essência da percepção daquilo que foi observado.

Agora, você quer saber quais são as bases que constituem a constelação? Quais problemas ela pode solucionar? E, finalmente, como seus resultados podem transformar por completo as vidas de quem mergulha de braços abertos nesse mar de conhecimento?

Então, continue a leitura! Preparamos com muito amor, cuidado e carinho essa página especial, produzida especialmente para você, que deseja conhecer melhor sobre essa abordagem.

Saiba mais sobre as origens da Constelação Familiar

Clique para ler o artigo

Veja outros artigos interessantes sobre as Constelações Familiares

As 3 Leis da Constelação Familiar

Em seus inúmeros estudos e experiências terapêuticas, Hellinger percebeu que existem 3 leis naturais da vida, que também regem os relacionamentos humanos.

São leis tão poderosas, que agem de forma sistêmica em todas as nossas relações – não apenas as familiares, mesmo que não tenhamos consciência sobre elas, ou seja, mesmo que não as estejamos vendo. Qualquer quebra ou desordem em alguma (ou mais de uma) dessas leis, causam dores, sofrimentos e dificuldades que, se não resolvidas, vem atravessando gerações, impedindo a felicidade, a evolução e o sucesso dos membros pertencentes à esta família.

Essas 3 leis – também denominadas de Ordens do Amor, são chamadas de: Lei da Ordem, Lei do Pertencimento e Lei do Equilíbrio. Entenda melhor sobre elas:

1ª – A Lei da Ordem:

“aqueles que vieram antes tem autoridade sobre quem veio depois.”

O tempo é uma lei natural, que rege tudo que aqui existe – desde seres vivos, até os seres inanimados. Nada passa ileso por ele e nem deixa de sofrer suas consequências.

A partir do tempo, observa-se claramente a hierarquia determinada pela precedência. A Lei da Ordem, trata dessa autoridade natural que os mais velhos possuem sobre os mais novos, porque chegaram antes no sistema.

hierarquia familiar antepassados constelação familiar

É possível observar claramente essa lei na natureza e seus grupos. Apesar do líder ser um animal mais jovem – pela sua força e virilidade – é sempre o mais velho que dita as regras do grupo e seu posicionamento é respeitado.

Voltando para o núcleo familiar, a hierarquia reconhece quem chegou antes no sistema, lhe conferindo autoridade por ordem de chegada. Logo, cada um deve ocupar o lugar que lhe é devido para que haja um funcionamento familiar em equilíbrio.

Partimos então do pressuposto que os antecessores carregam a história, dores, aprendizados e sabedoria que guiaram a família até onde ela está atualmente.

Saiba mais sobre a Lei da Ordem

Clique para ler o artigo

2ª – A Lei do Pertencimento:

“Todo membro de uma família tem o mesmo direito de pertencer.”

Independente de qualquer aspecto externo ao núcleo, todo membro constituinte tem o direito a pertencer ao seu sistema familiar. Essa regra inclui os vivos e os mortos do sistema, bem como, aqueles que de uma forma especial contribuíram para a sobrevivência desse sistema. Sendo assim, garantir o lugar de pertencimento de todos que fazem parte, é essencial para a saúde do sistema familiar.

familia lei do pertencimento

Abaixo, retiramos um trecho do nosso material em que discutimos as leis naturais da vida, sobre o pertencimento:

Assim como uma árvore não determina onde cresce, uma criança se submete ao grupo de origem sem questionar, e adere a ele com força e persistência. A criança experimenta esse vínculo como amor e felicidade ou medo da perda e da separação. Por esse motivo, muitas vezes as crianças assumem de forma cega as dores e sofrimentos que pertencem a outras pessoas do sistema, e sem perceber que ao invés de ajudar, estão trazendo dores a si mesmos e suas famílias.

Sendo assim, a exclusão de algum membro do núcleo pode gerar consequências para todo o sistema, especialmente as crianças, que crescem reproduzindo essa desordem.

A sensação do pertencimento e do acolhimento é um dos pilares da nossa felicidade e sensação de bem-estar. Quando nos sentimos excluídos, ignorados, tendemos a reproduzir esse trauma em todas nossas relações e situações do dia-a-dia.

Esse movimento gera infelicidade, atrapalha o desenvolvimento e até mesmo as chances de sucesso – profissional, pessoal e amoroso.

Saiba mais sobre a Lei do Pertencimento

Clique para ler o artigo

3ª – A Lei do Equilíbrio:

“Onde houver pessoas se relacionando, as trocas entre elas devem ser equilibradas.”

Essa é uma lei básica e universal que garante a continuidade da existência. É a lei da compensação, onde o equilíbrio entre dar para o outro e tomar para si, causa uma tensão necessária que se libera na compensação, gerando nova tensão que, por sua vez, exercerá pressão e assim sucessivamente, impulsionando o indivíduo para o mais.

Tudo na natureza é pautado sobre essa lei: o equilíbrio entre os ecossistemas, onde o agir de um afeta diretamente o agir do outro. Popularmente você já deve ter ouvido que uma libélula bate as asas em um continente e pode desencadear um tsunami em outro, através de uma sucessão de eventos. Parece exagerado? Nem tanto, a biologia e a física nos tem surpreendido diariamente com a mensuração desses eventos. A verdade é uma só: estamos todos conectados e a mínima exclusão afeta todo o sistema.

Lei do equilíbrio Constelação Familiar

Em todo e qualquer relacionamento, independente se familiar, amoroso, de amizade ou profissional, essa lei se faz presente. Ela instrui sobre as forças de compensação dessas relações humanas, onde aquilo que eu dou para o outro e o que eu tomo de volta, deve ser recíproco e equivalente entre as partes.

Quando uma das partes dá mais do que recebe, ou vice-versa, o desequilíbrio ocorre e a que está sendo penalizada tende a se sentir infeliz e não reconhecida. As quebras ocorrem quando essas forças não são equalizadas pelos membros.

Existe apenas uma exceção onde essa lei se apresenta de forma diferente: a relação entre os pais e seus filhos. Nessa relação, os filhos apenas tomam, sendo que os pais doam, não esperando nada em troca, pautados na realidade em ter concedido aos filhos a vida, cujo preço só poderá ser relativamente equilibrado quando eles passarem a vida adiante através dos próprios filhos, ou pelo servir à vida através do trabalho.

Saiba mais sobre a Lei do Equilíbrio

Clique para ler o artigo

Se você leu até aqui, agora deve estar se perguntando: mas de onde surgiram todas essas teorias? Qual o embasamento científico real para essas percepções?

As Bases Científicas da Constelação

No início desta página, indicamos quais seriam as bases que nortearam a construção do que hoje se denomina Constelação Familiar. Todas elas, com embasamento e conhecimento científico, que ajudaram Hellinger a estruturar essa abordagem.

O modelo Fenomenológico foi a grande base para a constelação, sendo ele um norteador para o seu campo de estudo. Abaixo, observe um trecho retirado de nosso material sobre a ciência Fenomenológica:

Por ser composto por energia, o mundo sensível não é completamente óbvio à nossa consciência e, por isso, é saudável duvidar de suas manifestações, assim como é positivo a suspensão de juízo ao percebê-lo. Ter uma atitude fenomenológica é ter um olhar sem vícios e juízos. É saber que perceber com os sentidos é o que “parece” e não necessariamente o que “é”. 

Saiba mais sobre Campos Morfogenéticos

Clique para ler o artigo

Para complementar, existe a teoria dos Campos Morfogenéticos, criado pelo biólogo Rupert Sheldrake. Essa teoria disserta sobre a existência de informações e ações não materiais, que afetam os organismos e são transmitidos por ressonância mórfica.

Essa seria então, por definição, um processo da qual ações e comportamentos tomados por antepassados, continuam influenciando os sucessores do sistema. Quanto mais características semelhantes um sistema compartilhar, maior e mais intensa se torna a ressonância e sua influência nas ações dos demais membros.

O que não é Constelação Familiar

Agora que você compreendeu sobre alguns dos alicerces que contribuíram para a construção dessa fundamental ferramenta terapêutica, está na hora de compreender o que não é Constelação Familiar.

Como abordamos no início do texto, ainda se permeia no imaginário popular uma visão mágica, quase mística e religiosa, sobre essa abordagem. Ao contrário do que se pensa, é uma ferramenta de uso terapêutico, pautada nos processos humanos, no entendimento e aceitação das pessoas como elas são. Entenda melhor:

o que não é constelação familiar

Não é adivinhação

Todos os conteúdos e materiais que o terapeuta trabalha são trazidos pelo seu cliente de forma natural, com conversas muito francas e claras que surgem nessa relação entre terapeuta e cliente, onde a intervenção se faz pelo viés da compreensão fenomenológica, ou seja, sem interpretações, julgamentos ou intenções.

o que não é constelação familiar

Não tem nenhuma relação com religião

É uma ciência pautada pelas descobertas científicas do campo da fenomenologia, psicologia, biologia, física, medicina, onde existe estudo sobre o ser humano, há material para compreensão dessa abordagem. Não existem templos ou igrejas para realizar sessões de Constelação Familiar.

o que não é constelação familiar

Não é magia e nem tem poderes sobrenaturais

A ciência dos fenômenos atua com conteúdos trazidos pelo paciente, que são trabalhados pelo terapeuta, que observa a partir do interior do seu cliente, quais movimentos vão surgindo. Utilizando-se de ferramentas e conhecimento, o terapeuta conduz o seu cliente a encontrar dentro de si, toda a força necessária para agir e mudar as situações de sua vida, que lhe causam dor, desconforto ou mesmo que atrapalham sua evolução, em total respeito a seu tempo de resolução do conflito e destino.

Saiba mais sobre o que não é Constelação Familiar

Clique para ler o artigo

Em quais problemas a Constelação pode ajudar?

Apesar do nome remeter ao sistema familiar, a Constelação Familiar atua nos mais diversos sistemas, como organizações, saúde e educação. Onde indivíduos se relacionam e há dor, disfunção, paralisia, fracasso, o trabalho das constelações favorecem a resolução, lançando luz sobre os emaranhados, fidelizações invisíveis, que criam o campo de fracasso, o liberando. Observa-se que nos mais diversos sistemas, os emaranhados possuem raízes nas dores e desordem desse sistema básico, nosso primeiro contato com a realidade e com demais membros, o sistema familiar.

Seja esse problema já consciente e conhecido, ou simplesmente uma dificuldade que ainda não é compreendida, essa abordagem terapêutica será efetiva. Abaixo, separamos alguns dos problemas mais comuns:

relacionamento de casal

1. Dificuldade nos relacionamentos

Como dissemos anteriormente, sejam eles de ordem amorosa, profissional, familiar ou qualquer outro problema interpessoal, a Constelação Familiar traz à luz a desordem que está ocorrendo.

Sendo assim, o cliente consegue perceber essa trama invisível que atua e acaba prejudicando a maneira que ele se relaciona com os demais e como ele mesmo enfrenta essas situações.

2. Insucesso no trabalho e dificuldades financeiras

É muito comum uma pessoa, ao buscar o sucesso profissional, não conseguir êxito, não importa o quanto tente. Por vezes tem êxito, desempenha bem seu trabalho, mas cai em armadilhas financeiras e passa por dificuldades.

A constelação lança luz aos movimentos inconscientes, ocultos que geram esses comportamentos, liberando-o para que a pessoa alcance as resoluções mais saudáveis que irão potencializar suas habilidades, onde de seu lugar, terá força e encontrará equilíbrio e consequentemente sucesso.

insucesso no trabalho constelação familiar
problemas familiares pais e filhos

3. Problemas familiares que continuam se repetindo

Quando as leis do amor são rompidas, a desordem ocorre. E, esse ciclo pode se tornar vicioso, fazendo com que a família continue repetindo as dores e erros, até conseguir encontrar um ponto de equilíbrio. O trabalho da Constelação Familiar possibilita elucidar quais são esses conflitos e cessar esse ciclo, potencializando sua resolução.

4. Doenças constantes – mentais e físicas

Muitas doenças são consequências de dores e feridas antigas do seu núcleo familiar, que uma pessoa pertencente a ele, acaba carregando consigo. As consequências desse amor sacrificial podem ser o adoecimento tanto físico quanto psíquico. É comum aparecer transtornos como a depressão, ansiedade e doenças somáticas, denunciando esse amor fora do lugar.

Sendo assim, seja a dificuldade de ordem familiar, profissional ou amorosa, a Constelação Familiar, demonstrou que consegue agir em todos os núcleos de sua vida.

saúde sistêmica depressão

Saiba mais sobre como a Constelação Familiar pode ajudar você!

Clique para ler o artigo

Áreas de aplicação da Constelação Familiar

Além de atuar nas dificuldades e desafios pessoais e individuais, a abordagem se mostrou eficiente em ampliar e potencializar as resoluções e mudança de postura em diversas áreas de atuação que lidam também com o coletivo, tais como:

pedagogia sistêmica

Pedagogia

Por meio da Pedagogia Sistêmica, a constelação permite lançar um olhar de amor e compreensão, para a relação entre escola, aluno e família.

direito sistêmico

Direito

Também conhecido como Direito Sistêmico, a abordagem concede ao jurista a capacidade de observar e reconhecer as dores que atuam de forma inconsciente entre todos os lados envolvidos.

saúde sistêmica

Saúde

A Saúde Sistêmica, atua nessa área a partir da compreensão das doenças causadas pelas repetições do nosso sistema e o amor cego a ele.

Constelação Sistêmica empresarial

Empresarial

A Constelação Familiar, permite compreender como as leis do amor atuam e influenciam os sistemas organizacionais e no seu sucesso profissional.

Logo, além das atribuições pessoais, a técnica pode ser utilizada em diversos sistemas, como os que citamos acima. Dessa maneira, trazendo mais amor, olhar ao humano e compreensão de suas dificuldades!

Como ser um profissional da Constelação

Veja só quantas aplicações essa abordagem pode ter para qualquer aspecto da sua vida!

como se tornar um constelador instituto Ipê Roxo de Constelação Familiar

Mas como você pode se tornar um constelador e levar essa técnica para transformar a vida de mais pessoas, além da sua?

Aqui no Instituto Ipê Roxo possuímos diversos Cursos, Formações e Workshops para oferecer, em formatos online, presencial e semipresencial.
Confira algumas oportunidades:

Cursos Especiais

curso de direito sistêmico

O Direito Sistêmico é o nome que se dá para a prática das Constelações Sistêmicas de Bert Hellinger no dia a dia do profissional do direito e no sistema judiciário.

Trata-se de um movimento que já possui resultados comprovados desde as suas primeiras aplicações! Com este curso você irá compreender como os métodos adaptados para essa importante atuação, permitirão que os operadores do direito atuem de maneira mais ampla e compreensiva.

Veja mais informações sobre o Curso de Direito Sistêmico

Clique para ir até a página especial

curso de educação sistêmica pedagogia sistêmica

Ensinar é uma arte que se fortalece no respeito e inclusão de todas as características que envolvem os indivíduos nesse processo. Por esse motivo, o Curso de Educação Sistêmica é voltado à profissionais da área da educação.

A proposta deste curso é apresentar a abordagem sistêmica-fenomenológica de Bert Hellinger, de maneira profunda e desafiadora, para transformar as relações interpessoais, potencializando assim, a resolução de conflitos e otimização do processo criativo rumo ao sucesso.

Veja mais informações sobre o Curso de Educação Sistêmica

Clique para ir até a página especial

Formações Exclusivas

formação em contoterapia Instituto Ipê Roxo

Se você deseja se especializar ainda mais nas ferramentas que a Constelação Familiar dispõe, descubra a Formação Online em Contoterapia.

O conteúdo irá abordar sobre o poder dos contos e como eles conseguem trazer de forma lúdica e com leveza, as compreensões sobre as mais diversas complexidades de se viver. O conto possui a dádiva de oferecer compreensão às complexidades da vida. O benefício do curso é conduzir as pessoas a descobrirem seus próprios caminhos, usando a técnica da contação, com efeitos surpreendentes na sua área profissional e em sua vida.

Veja mais informações sobre a Formação em Contoterapia

Clique para ir até a página especial

Formação em Constelação Familiar Instituto Ipê Roxo Florianópolis Curso online

Um curso completo, uma profunda imersão que irá formar você, um constelador! Como requisito para cursar esta Formação, você precisa ter uma caminhada acadêmica em qualquer área, com uma disposição interna de renúncia a qualquer ideia pré concebida, bem como abertura intelectual, emocional e espiritual ao que se mostrará durante toda a Formação em Constelações.

Veja mais informações sobre a Formação em Constelação Familiar

Clique para ir até a página especial

Workshops Vivenciais Online

workshop de constelação familiar online

Para os primeiros passos no mundo das Constelações, não deixe de conferir o Workshop de Constelação Familiar. Em formato totalmente online e ao vivo, você pode constelar com os profissionais do Instituto Ipê Roxo, em grupo, da segurança da sua casa e de qualquer lugar do mundo.

Veja mais informações sobre o Workshop de Constelação Familiar

Clique para ir até a página especial

workshop online de sexualidade

Não há nada mais poderoso na humanidade do que a sexualidade. É por meio dela que a vida surge e nela está todo potencial da criação. Mas, como podemos olhar de forma sistêmica o desejo, prazer e sexualidade humana? É essa a proposta do Workshop Especial: O poder da sexualidade. Descubra como se aprofundar nesse tema, a partir da ótica da Constelação Familiar.

Veja mais informações sobre Workshop Especial: O poder da sexualidade

Clique para ir até a página especial

Talvez você possa se interessar por estes artigos em nosso Blog

As Ordens da Ajuda

Do ponto de vista sistêmico, quando pensamos em alguém que irá ajudar outra pessoa – é preciso compreender e respeitar que existe uma linha tênue que permeia essa relação. Cabe saber qual é o seu lugar e aceitar que é possível ajudar, sem tomar aquela dor ou situação para si. Logo, quem ajuda, atua como uma lanterna, iluminando aquilo que ainda está na escuridão.

Por essa razão, Hellinger descreveu que, para um papel bem-sucedido, o terapeuta precisa respeitar as 5 ordens da ajuda:

Saiba mais sobre as Ordens da Ajuda

Clique para ler

  1. Dê apenas o que se tem, e esperar e tomar apenas o que se necessita.
  2. Submeter-se às circunstâncias e somente intervir e apoiar à medida que elas permitirem. Essa ajuda é discreta e tem força;
  3. Colocar-se como um adulto diante de outro adulto. Renunciar às tentativas do cliente de forçar o ajudador a fazer o papel de seus pais;
  4. Requer a empatia do ajudante focada mais no sistema como um todo do que exclusivamente no cliente;
  5. Amor a cada ser humano do jeito que é. Colocar todos no coração.

Essas ordens possibilitam que o constelador – no papel de ajudador – consiga aceitar o cliente e seu sistema, trabalhando com todas essas forças invisíveis. Dessa maneira, é possível atuar na real proposta do papel de ajuda, com carinho e amor.

Instituto Ipê Roxo: referência no ensino e aplicação das Constelações Familiares

Somos um instituto que aprofundou seu olhar na Constelação Sistêmica, dedicando nossas forças e serviços ao amor e compreendendo o que existe de mais profundo no ser humano.

equipe de profissionais e colaboradores do Instituto Ipê Roxo

Ao longo de nossa existência já ajudamos milhares de terapeutas e influenciamos outras milhares de vidas. E isso é um orgulho para nós, pois aqui, do nosso espaço, vamos aos poucos multiplicando, triplicando e assim por diante, este movimento fantástico da Constelação Familiar, para juntos transformarmos o mundo, a partir das pessoas!

blog Instituto Ipê Roxo

Além de nossos cursos e formações, possuímos também um rico blog sobre Constelação Familiar, com muitos artigos interessantes, que inclusive mencionamos ao longo desta página. Acreditamos que um dos nossos propósitos é ajudar vidas através dos conhecimentos da constelação.

Acesse conteúdos exclusivos em nosso Blog

Clique para ir até lá!

Materiais para enriquecer seu conhecimento

Além dos artigos no blog, contamos também com diversos materiais produzidos por nossa equipe, como ebooks, glossário e vídeo aulas, confira:

ebook de Constelações Familiares
ebook de Saúde Sistêmica
ebook de Educação Sistêmica
Glossário de Constelação Familiar
ebook de Direito Sistêmico
ebook de meditações Instituto Ipê Roxo

Para complementar, também contamos com 2 aulas incríveis com Psicóloga Maria Inês Araújo Garcia Silva, que abordam os seguintes temas:

Confira a lista de todos esses materiais exclusivos e gratuitos

Clique para ir até lá!

video aula educação sistêmica
video aula relacionamento entre pais e filhos

Dicas de leituras complementares:

Livros essenciais de Bert Hellinger!

Amor à segunda vista: Nunca teremos a resposta para tudo, principalmente quando falamos de um relacionamento a dois. Para se construir um amor sólido e verdadeiro é preciso se libertar das fantasias e mergulhar no conhecimento profundo sobre o seu parceiro.

livro Amor à segunda vista bert hellinger

No centro sentimos leveza: Aqui, é trazido diversas histórias e breve palestras, sobre as ordens e como elas permitem que o amor nasça e se fortaleça entre nós.

livro No centro sentimos leveza bert hellinger

Ordens da ajuda: Como você, como terapeuta constelador pode ajudar seu cliente por meio de uma postura de ajuda e aceitação?

livro Ordens da ajuda bert hellinger

Para que o amor dê certo: Essa compilação de um Workshop de Hellinger com mais de 20 casais, traz ensinamentos retirados da reflexão dos próprios participantes.

livro Para que o amor dê certo bert hellinger

O amor do espírito: O amor deve sempre servir a vida e superar qualquer obstáculo que nós mesmos colocamos. Uma reflexão de Bert sobre os aspectos da vida humana.

livro O amor do espírito bert hellinger

A simetria oculta do amor: É preciso se abrir para a vida e compreender seus conhecimentos sobre ela. Para quem deseja ir mais além e melhorar seus relacionamentos.

livro A simetria oculta do amor bert hellinger

Ordens do amor: Entenda melhor sobre essas ordens e compreenda como a aceitação das complexidades do sistema familiar, pode libertar sua vida.

livro Ordens do amor bert hellinger

Veja outras indicações de leitura de textos, artigos e pensamentos

Esperamos que você tenha apreciado este conteúdo especial que lhe apresentamos. Caso deseje saber mais sobre o nosso Instituto e receber nossas newsletter com indicações de conteúdos e lançamentos de cursos, inscreva-se!

Outra forma de acompanhar nosso trabalho é por meio dos nossos perfis nas redes sociais Instagram e Facebook.

Nos vemos no próximo conteúdo. Até lá!