Categorias

Como resolver problemas pessoais e profissionais através da visão sistêmica
Ipê Roxo - Instituto de Constelação Familiar | 29/07/20 | 0 comentário(s)

 

Você já parou para analisar quantos problemas encaramos diariamente em nossas vidas? De relacionamento, familiares, profissionais, falta de comunicação, perda de propósito e infinitos outros? São tantos desafios à enfrentar todos os dias, que em nosso pensamento paira a pergunta: “Como resolver problemas pessoais e profissionais?”

Toda essa preocupação acaba causando uma infelicidade que se reflete em toda sociedade. Para embasar isso, podemos citar uma pesquisa realizada em 2019, intitulada de Global Happiness Study (ou Estudo Global da Felicidade). O resultado é preocupante: o índice de felicidade do brasileiro é de apenas 64%.

Agora, quero te provocar um pouco: sempre associamos a felicidade a uma utopia, algo quase impossível de se atingir. Isso porque, a relacionamos com objetivos que não são verdadeiramente essenciais para alcançá-la, como por exemplo, os bens materiais.

Mas, você já parou para analisar que, um pequeno e significativo passo em sua vida, pode transformá-la totalmente?

Bom, para te ajudar a chegar nessa conclusão e compreender como resolver problemas pessoais e profissionais, escrevemos esse artigo e vamos lhe indicar alguns caminhos até essa importante questão na sua existência. Vamos lá? 

Mas, antes, dê uma conferida em nosso eBook sobre as Constelações Familiares para compreender um pouco mais sobre como a visão sistêmica pode transformar a sua vida em todos os sentidos: pessoal e profissional. 

E-book de constelações familiares

Agora, conforme prometido, vamos embarcar nessa jornada maravilhosa do autoconhecimento juntos? Boa leitura!

 

Entenda o conceito de visão sistêmica

Para começar a nossa jornada, é fundamental que você entenda o que é a visão sistêmica.

Até então, algumas abordagens terapêuticas respeitadas, construíram uma imagem de que o ser humano seria um organismo fechado em si mesmo. E foi sobre essa visão, que Bert Hellinger começou a estudar e compreender que, na realidade, não é bem assim.

 

Saiba mais sobre Bert Hellinger, o Pai das Constelações Familiares >

 

A proposta da visão sistêmica preconiza que todos somos seres em relação. Portanto, somos formados por nosso mundo interno e também, pelos relacionamentos que estabelecemos com a realidade externa. 

Essa interação determina a forma de criar e lidar com nossos conflitos e dificuldades, contribuindo para tomarmos decisões, bem como, para potencializar os recursos que utilizamos para contornar os desafios da vida, de forma positiva ou de maneira a permanecermos no conflito. 

Para entender o quanto essa relação, entre o que atua em seu sistema de origem e os sistemas com os quais interage, afeta a nossa vida, bem como por que a sua compreensão auxilia na questão de como resolver problemas pessoais e profissionais, continue a leitura:

 

Como resolver problemas pessoais e profissionais através da visão sistêmica

Como uma visão sistêmica pode transformar a sua vida e te ajudar a resolver problemas pessoais e profissionais? Confira a seguir.

A Constelação Familiar atua seguindo a visão sistêmica, ou seja, busca compreender toda a realidade em que o cliente está envolvido, olhando como um todo, e não individualmente.

constelação familiar problemas pessoais família

Por trabalhar também com o autoconhecimento, essa abordagem terapêutica traz luz às questões que permeiam a sua vida e que por vezes não são percebidas. Saiba mais aqui >

Como dissemos no início do artigo, em pequenas mudanças é que grandes transformações acontecem. E isso foi uma das grandes descobertas que o idealizador das Constelações Familiares, Bert Hellinger, observou em seus estudos e experiências. 

A partir de suas vivências, ele nomeou três leis – denominadas Leis do Amor. Que são forças que atuam de forma oculta em toda a nossa existência. São elas:

  • Lei da Ordem: Os antecessores hierarquicamente ocupam um lugar de    precedência no sistema familiar;
  • Lei do Pertencimento: Independente dos acontecimentos, todos os membros de um sistema têm seu lugar e direito de à ele  pertencer;
  • Lei do Equilíbrio: É a lei da compensação, que rege o equilíbrio entre todos os organismos. Promove a troca entre o dar e o receber, tão essencial, para que as relações se tornem possíveis.

Identificar onde existe a quebra dessas leis e trazer à consciência os movimentos que levaram à essas transgressões, é o caminho que pode te mostrar como resolver problemas pessoais e profissionais.

Conheça a seguir, algumas ações que podem parecer simples, mas que são capazes de ir modificando tudo ao seu redor, especialmente no que se refere ao tema central deste artigo, os problemas pessoais que você possui e também aqueles que dificultam a sua evolução profissional.

 

1 – Busque manter o equilíbrio nas relações

A Lei do Equilíbrio nos mostra que, tudo em nossa vida precisa ser equilibrado. É a lei da compensação, que nos exige a troca entre dar e receber. 

Se apenas recebemos, sem retribuirmos na medida equivalente, podemos permanecer crianças, sempre a reivindicar, o que nos afastará do conhecimento de nossa força, pois segundo a lei do equilíbrio, a única possibilidade de apenas recebermos, sem retribuirmos  à altura, é no relacionamento entre pais e filhos. Os pais são grandes e os filhos pequenos para sempre. 

Se nos demais relacionamentos ficarmos nessa postura, não evoluiremos. 

lei do equilíbrio visão sistêmica bert hellinger

Em contrapartida, se apenas damos, mas sem tomarmos o que essa lei nos pressiona a fazer, ficamos em desequilíbrio, como grandes nas relações que deveriam ser entre equivalentes. 

Poderemos chegar à exaustão, adoecermos e nos sentirmos sozinhos e incompletos, pois estaremos dando mais do que temos e do que o outro necessita. Vítimas de nossa onipotência mágica. 

Nenhuma das duas situações apontadas representa um funcionamento saudável dessa lei, o que pode gerar conflitos e muita dor.

Por exemplo, nas relações pessoais, quando vemos um casal em que essa lei não é respeitada, brigas ocorrem e  ambos saem feridos desse relacionamento. Se o comportamento de um dos cônjuges é de dar demais, ele passará a representar inconscientemente o pai ou a mãe de seu cônjuge, pois estará na relação como o grande. 

 

Assim, o relacionamento de casal para ser bem sucedido precisa da consciência de equivalência entre ambos. Quem adota a postura de grande ou de pequeno no relacionamento de casal, contribui para o fracasso desse relacionamento.

 No trabalho, é fundamental ater-se ao equilíbrio, para melhor desempenhar suas atribuições. 

Vemos, por exemplo, um terapeuta que precisa tratar pacientes com grave desequilíbrios em sua vida. O terapeuta precisa ser capaz de manter o equilíbrio nessa relação, para que tanto ele se mantenha saudável no exercício de sua profissão, quanto o cliente  possa encontrar a sua própria força, revelar suas dificuldades e acessar os caminhos de solução à elas. 

Nem sempre isso é tarefa fácil, porque assim como o terapeuta precisa compreender o processo que o cliente está vivendo para acompanhá-lo no caminho de resolução e apropriação de seus próprios recursos, também tem que ter em perspectiva o seu próprio processo, a fim de não transferir ou projetar no cliente seus dramas sistêmicos. 

Existem profissionais que cobram muito abaixo do mercado, abaixo do investimento que fez em suas especialidades, levando por vezes o cliente a adotar uma postura de dependência e constante reivindicação, o que é um trabalho ineficaz. Um desequilíbrio claro entre o dar e o tomar. Neste caso, ambos perdem.

professores alunos síndrome de burnout problemas profissionais

Desequilíbrios entre o dar e o receber mostram suas consequências em diversas áreas de trabalho. 

Um professor enfrenta desafios diversos também em sua jornada de trabalho, no relacionamento com os alunos, colegas de profissão, gestores de sua instituição, entre outros. Assim como um gestor de uma empresa, que lida com seus colaboradores e enfrenta problemas ao longo de sua carreira. E ainda podemos citar diversos outros profissionais, como médicos, advogados, etc. 

Onde é o lugar de força? Onde está o ponto de equilíbrio que levará ao êxito, ao sucesso leve, mesmo com todos os desafios? Sabemos que está na observância das três leis em nossa vida.

Todos podemos buscar  a resolução  de nossos conflitos  quando percebemos o que está atuando, sobretudo inconscientemente. O que age de forma oculta,  impede que a força de nosso sistema familiar  flua livremente  em nossas vidas.

 Neste ponto, a Constelação Familiar se torna uma forte aliada, sendo considerada uma abordagem terapêutica breve, que é capaz de proporcionar efeitos duradouros.

 

Saiba mais sobre a Lei do Equilíbrio >

 

2 – Respeite o lugar de cada um no seu sistema, seja familiar ou profissional

A Lei da Ordem nos ensina que os mais velhos, os antecessores (avós, pais, irmãos mais velhos) tem prioridade sob aquele que é o mais novo no sistema.

Essa lei é fundamental para nos ensinar que, tudo tem a sua respectiva hierarquia. Por exemplo,  quando ouvimos primeiro e com respeito aos mais velhos ,devido à sua experiências e precedência, potencializamos a minimização de conflitos e a ampliação de possibilidades de resolução.

antepassados lei de ordem hierarquia familiar

Na família, quando observamos uma quebra dessa lei, surge uma desordem, evidenciada em conflitos, rivalidades e afastamento, que definitivamente afetará o bom êxito das outras leis, afetando o pertencimento e equilíbrio nas relações na família. 

Aqueles que ignoram a Lei da Ordem no âmbito familiar e a desrespeitam, sofrem com consequências nefastas que afetaram significativamente  sua vida. Somente quando  nos colocamos  animicamente  em nosso lugar, alcançamos a força necessária para lidar com equilíbrio e sucesso diante ao processo desafiador e criativo do viver. 

Observa-se que pessoas em ambiente profissional, que apresentam problemas de comportamento, como desrespeito aos superiores, relacionamento difícil em equipe, confronto constante com a sua gestão ou liderança, normalmente estão reproduzindo seu comportamento com suas principais figuras de autoridade, os pais. Habitualmente estão transgredindo a Lei da Ordem. 

Esses comportamentos acontecem à serviço de alguém do sistema familiar de origem, com o qual está identificado em um movimento de amor sacrificial, que o conduzirá à condutas que lhe colocarão no processo de inadequação psicossocial. 

Sim! Estar fora da ordem tem consequências. Por exemplo, algumas dessas pessoas se frustram mais rápido, acabam tendo uma alta rotatividade em empresas, etc.

 

Saiba mais sobre a Lei da Ordem >

 

3 – Todos têm o direito de pertencer 

A exclusão é uma das piores sensações que um ser humano pode ter. As consequências dessa atitude são devastadoras e podem levar a sérios problemas para o resto da vida.

lei do pertencimento vínculos familiares constelação

Talvez, a Lei do Pertencimento, quando quebrada, é a que leva aos maiores desafios e faz a pessoa se perguntar internamente “Como posso me sentir tão sozinha e desamparada, com tantos desafios? Será que há como resolver  meus problemas pessoais e profissionais? O que me faz sentir como se não fizesse parte dessa família, da empresa onde trabalho, do meu grupo social?”

A vida nos mostra como é fundamental garantir o pertencimento ao grupo do qual se faz parte. 

Essa lei exige que todos os membros, vivos ou mortos,”bons ou maus”, que fazem parte de um sistema, tenham o mesmo direito de pertencer. 

Ela atua nos mais diversos sistemas, tendo particularidades distintas, por exemplo, o pertencimento de um membro à empresa está atrelado ao tempo de duração de seu contrato com essa empresa.

Já no sistema familiar esse direito é permanente. Respeitar o direito de pertencimento, garante a inclusão tão necessária para a auto estima e a percepção de ser amado. E esse é sem dúvida, um direito de todos nós. 

 

Saiba mais sobre a Lei do Pertencimento >

 

Busque conhecimento e encontre a sua própria força

Agora que você pôde compreender um pouco mais sobre as leis do amor e a visão sistêmica, ficou mais claro como essa relação pode te ajudar a resolver problemas pessoais e profissionais? 

Por esse motivo, buscar o autoconhecimento na prática é essencial, para que seja possível identificar o seu lugar de força, e assim encerrar ciclos que já não são mais saudáveis para a sua vida e seguir adiante.

força interior autoconhecimento constelação familiar

Dessa maneira, é possível transformar seus pensamentos e comportamentos, permitindo uma real mudança de hábitos e até de vida. 

E que tal começar essa mudança de paradigmas agora mesmo? O Instituto Ipê Roxo oferece diversos cursos para te ajudar a navegar neste impressionante mar da autodescoberta, confira agora mesmo acessando esse link!

 

Saiba mais sobre autoconhecimento na prática >

 

A importância de encerrar ciclos 

Buscar o conhecimento sobre si e aplicar na prática a visão sistêmica, é um dos grandes ensinamentos da Constelação Familiar que irão lhe auxiliar a resolver problemas pessoais e profissionais. 

Um dos pontos em que se deve ter atenção, como comentamos brevemente neste texto, é sobre encerrar ciclos e histórias.

Quando compreendemos nossas histórias, relações familiares e quanto elas influenciam no que somos e fazemos hoje, é hora de aceitar, que a vida traz consigo desafios necessários para nosso crescimento. Enfrentá-los, tirar deles a lição, se despedir e seguir é fundamental. 

Quando ficamos atrelados ao que já passou, paramos, não crescemos. Encerrar ciclos, nos permite iniciar algo novo à partir do que já foi. Seguir é o essencial!

Uma mudança pode assustar, porém, sair de uma situação que não se tem fluidez, caminhando lado a lado com aquilo que é o melhor para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional é fundamental para nossa evolução.

Somente quando encerramos um ciclo, é que estamos abertos e prontos para encarar novas histórias e aprender realmente com as novas lições que elas trarão.

 

Saiba mais sobre a importância de encerrar ciclos >

 

Para uma vida plena e fluida em todos os sentidos

Esperamos que o nosso conteúdo tenha possibilitado lhe fazer enxergar que não há uma fórmula mágica que indica como resolver problemas pessoais e profissionais, mas sim, um conjunto de ações e práticas, através da visão sistêmica das Constelações Familiares, que poderão abrir caminhos de solução em sua vida, e consequentemente resolução dos conflitos e desafios que lhe afligem.

Mudanças que por mais simples que pareçam, quando são realizadas, proporcionam efeitos longos e duradouros para todos os segmentos de sua vida.

Neste artigo, além de falarmos um pouco sobre a visão sistêmica, navegamos um pouco sobre as leis do amor e como elas influenciam na sua vida, sem que nem perceba.

Uma mudança de postura e a busca pelo autoconhecimento, poderá ser possível para que você encontre soluções e evolução para os desafios do seu dia a dia.

Por fim, que tal conhecer melhor sobre nosso curso de Formação em Constelação familiar? Descubra como ele pode transformar a sua vida! 

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-book Gratuito sobre Constelações Familiares:

ebook-constelações-familiares

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades


cursos Instituto Ipê Roxo

Posts relacionados

Rua Professor Ayrton Roberto de Oliveira, 64 – 7º andar
Itacorubi, Florianópolis – SC
– Brasil
Fone: +55 48 9 9177-0079