5 motivos para você fazer a Formação em Constelação Familiar

5 motivos para fazer a formação em Constelação Familiar, um curso especial para  seu desenvolvimento pessoal e profissional, pelo Instituto Ipê Roxo de Desenvolvimento Humano.


O curso de Formação em Constelação Familiar segundo Bert Hellinger, oferecido por nós do Instituto Ipê Roxo, é muito especial.

A cada turma, vemos como os conhecimentos e a postura dos ensinamentos de Hellinger trazem uma nova possibilidade dentro daquilo que já pertence à vida de cada aluno que passa pelas aulas e vivências.

Dentro de uma infinidade de objetivos trazidos por cada um, vemos as realizações que chegam ao fim do curso: alunos que decidem se tornar Consteladores, profissionais de todas as áreas que tomam a postura dos ensinamentos de Hellinger em seu ambiente profissional, familiares que se reencontram e se organizam dentro do seu lugar de direito.

São tantos resultados em tantos níveis, que ficamos cada vez mais seguros da qualidade do serviço que oferecemos e da força do conhecimento das Constelações.

E ainda que este seja um trabalho para o nosso “interno”, percebemos seus reflexos na vida diária de cada aluno que passa por aqui, e nos alegramos com este novos movimentos.

E para aquelas pessoas que sentem o chamado, que de alguma forma sua curiosidade tem atraído para se aproximar da Constelação Familiar, mas que sentem dúvida ou incerteza, preparamos uma pequena lista onde falamos de 5 bons motivos para ajudar na sua decisão.

Quantas vezes você já sentiu perdido, com seu pertencimento ameaçado em relação a algum grupo? As vezes, até mesmo na sua família?

Um dos pontos centrais da filosofia de Hellinger é sobre o seu lugar. Isso se manifesta na sua família, no seu trabalho, nos seus relacionamentos.

Quando estamos cientes do nosso lugar, automaticamente também passamos a respeitar o lugar dos outros, e nesse movimento, os conflitos diminuem.

Estar ciente do seu lugar, se em um primeiro momento parece algo restritivo, na prática, vemos justamente o contrário: há uma força especial em aceitar o que é seu para si. Isso serve para as dificuldades, mas também para o benefícios que a vida oferece para nós, diariamente.

Aquilo que é bom também pode nos encontrar, pois estamos prontos para receber. Não invadimos o espaço do outro, e aceitamos sem culpa o que é nosso. Essa é força da ordem na nossa vida.

O conhecimento da Constelação Familiar é também chamado de Conhecimento Sistêmico. Ele olha para os humanos como seres sociais que somos e como essas interações nos moldam e nos influenciam.

Hellinger traz esse olhar, principalmente, para dentro do nosso sistema familiar. E como essas interações e as histórias construídas desde nossos antepassados, passando por nós e para os que virão depois, são acumuladas e nos influenciam todos os dias.

A partir do macro, vamos chegando ao micro. Como pequenas interações ou comportamento escondem uma fidelidade a algo muito maior. Como as pessoas de uma rede familiar interagem para além das palavras e muitas vezes se influenciam pelo simples fato de pertencerem a um mesmo sistema.

Essa influência está para além do racional, muitas vezes lidando com o emocional no primeiro plano. E a medida que vamos caminhando nos módulos, vamos encontrando a profundidade do nosso vínculo familiar atuando em nós.

Da mesma forma, olhamos para frente. E se em nosso sistema familiar de origem, no sistema que construímos passamos a exercer uma grande influência naqueles que vêm depois. E com isto, nossa responsabilidade aumenta.

Este curso possibilita vivenciar esta profundidade, e também a encontrar o nosso lugar nela.

Muito dos nossos alunos que fazem este curso não são da psicologia. São profissionais de diversas áreas que encontram nas Constelações Familiares de Hellinger uma forma de se colocar melhor em seus relacionamentos diários.

Em nosso curso, cada módulo tem um tema: família, relacionamentos, trabalho, sucesso, saúde, entre outros. E a cada módulo, vamos ampliando nosso olhar para muitas manifestações dos vínculos em cada um desse setor.

Descobrimos que o sucesso não está ligado apenas ao esforço pessoal ou às possibilidades oferecidas.

Que o relacionamento pode fracassar, mesmo que haja um verdadeiro amor entre os dois. Ou mesmo, que casais separados permanecem vinculados para sempre. Que a saúde está à serviço do afeto, e não apenas ligado à questões físicas.

De tema em tema, nosso campo de visão se amplia para algo muito grande a muito humanos. Como seres sociais que somos, nossas interações se mostram como pontes para muitos aspectos do “eu”. E este olhar, sobre os vínculos, é um dos grandes tesouros oferecidos por Bert Hellinger no seu campo de estudo.

A pergunta é: se existe a boa ajuda, é justo dizer que existe a má ajuda?

Com as constelações familiares descobrimos que sim. Mas também já observamos isto em nossa vida. Quantas vezes, com nossas melhores intenções, nos envolvemos em ajudas em que o resultado não foi positivo, nem para nós, nem para aqueles que direcionamos nossa ajuda?

Isso porque, para este conhecimento sistêmico, existe uma boa postura de ajuda, e ela tem limites nas possibilidades de ajuda.

Uma ajuda sem limites pode se tornar uma invasão dentro do processo pessoal do outro. E neste movimento de auxílio, acabando gerando mais uma barreira no desenvolvimento da outra pessoa.

A Formação em Constelação Familiar trabalha com este conhecimento para auxiliar os alunos a encontrar o lugar da boa ajuda, não interferindo mas apenas acompanhando amorosamente o cliente, ou qualquer outra pessoa que se encontra numa postura de necessidade de auxílio.

É um desafio ligado também aos nossos vínculos familiares, mas quando descobertos e desenvolvidos, trazem uma força maior que contribuem para o próprio desenvolvimento pessoal e para os outros que chegam até nós.


Algo que a Formação em Constelação Familiar de Hellinger nos cede com muita gentileza é o contato com nossa responsabilidade pessoal e o nosso lugar no nosso sistema familiar, profissional e na vida como um todo.

A combinação destas características nos abre a porta para uma vida mais significativa e mais leve.

Leve pois estamos preparado para enfrentar o que nos pertence, ou aquilo que se mostra para nós em nosso caminho. Mesmo quando a situação em sí é difícil.

Ao mesmo tempo, quando reconhecemos isto em nossa vida, e os conhecimento de Hellinger nos ajudam a chegar neste ponto, também reconhecemos isto na vida dos outros. Isso significa que nos tornamos mais fortes e acreditamos também que os outros são capazes de resolver o cabe para cada um.

Ao não nos ocupar o que é dos outro, permitimos o nosso crescimento. Estamos à disposição, dentro do nosso lugar e dos limites que isso representa, e também permitimos aos outros o mesmo movimento.

Em algum lugar há uma intersecção. Onde todos se encontram e segue adiante. Cada um com o que lhe pertence.


O Ipê Roxo – Instituto de Desenvolvimento Humano é pioneiro em Florianópolis no trabalho com as Constelações Sistêmicas. Foi fundado pelos consteladores Sonia Farias, Maria Inês Araujo Garcia Silva, Paulo Pimont e Ana Garlet.

Constelação Sistêmica é uma nova abordagem da Psicoterapia Sistêmica Fenomenológica. Foi criada e desenvolvida pelo alemão Bert Hellinger após anos de pesquisas com famílias, empresas e organizações em várias partes do mundo.

O resultado desses estudos se transformou em um trabalho simples, direto e profundo. Que se baseia em um conjunto de leis naturais que regem o equilíbrio dos sistemas. Leis estas que o próprio Bert gosta de chamar de “Ordens do Amor”.


Fale Conosco! Queremos muito ouvir o que você está pensando.

Utilize o formulário abaixo para deixar sua mensagem. E se precisar de mais informações, deixe seus contatos que falaremos com você em breve.

Deixe uma resposta