Estas “leis” influenciam a sua vida, mesmo que você não saiba delas

constelação familiar

Lidamos com o invisível diariamente. Nós nem sequer percebemos como algumas situações são desafiantes para a nossa compreensão, por estarem tão dentro de nossa rotina.

O sinal de internet sem fio é um exemplo. Dados e informações são transferidos de um ponto a outro do mundo em questão de segundos, encontrando o remetente sem existir uma ligação física entre o aparelho que emite e o aparelho receptor.

Ouvimos o som a partir de sua propagação pelo ar, da mesma forma como percebemos a luz.

Há uma física por trás desses fenômenos, que explica como podemos perceber suas manifestações. É o amparo da ciência que nos deixa confortáveis para aceitar algo que há alguns anos atrás seria visto como mágica (como no caso do wi-fi).

Porém, mesmo que não entendamos o que está por trás do funcionamento dessas ferramentas, nada nos impede de sentirmos os efeitos delas em nosso dia-a-dia.

Se alguém acende a luz, nós percebemos a claridade. Se alguém ouve o som em alto volume, a uma certa distância de nós, ouvimos o barulho, mesmo que não vejamos o aparelho que o emite.

E mesmo que não tenhamos compreensão do funcionamento, se estivermos conectados a uma rede de dados, nossa mensagem irá viajar por um caminho até chegar na pessoas que desejamos contactar.

Em suma, são coisas que não precisamos saber como funcionam, mas sabemos que no s influenciam mesmo assim, pelo simples fato de estarmos expostos a elas.

As Leis da Vida que conduzem os relacionamentos

Assim também podemos falar das Leis da Vida, percebidas por Bert Hellinger.

Estudioso das relações humanas, o terapeuta alemão percebeu que existem 3 regras que atuam em todos os relacionamentos.

São leis que nos influenciam, mesmo se não temos consciência delas ou não saibamos como elas funcionam. Porém, é fácil perceber como elas atuam a partir dos seus efeitos.

No trabalho de Hellinger, essa percepção se deu de forma vivencial, a partir dos trabalhos conduzidos por ele nas Constelações familiares.

É possível olhar os relacionamentos de forma profunda, a partir da colocação de uma dinâmica com representantes e com a manifestação do campo pessoal do cliente.

De forma clara, a partir das Constelações Familiares, é possível perceber o que está por trás das dificuldades de relacionamentos, saúde, profissão, dinheiro, entre outros campos humanos.

 

Os ajustes necessários

Da mesma forma, quando a quebra da lei é trazida para o conhecimento do individuo, há uma possibilidade de restituir aquilo que estava em descompasso.

Este caminho se dá a partir do aprendizado vivenciado, que pode acontecer em diversas experiências durante a vida e também pode acontecer durante uma constelação: os clientes geralmente descrevem esse momento como desafiante, porém liberador.

É também a partir deste aprendizado que podemos crescer e nos desenvolver. Esta é uma das principais contribuições que esta forma de terapia breve fornece para as pessoas que buscam ajuda em seus conhecimentos.

 

Quais são essas Leis da Vida?

O trabalho de Hellinger inicialmente observou os relacionamentos familiares, nos quais todos os integrantes partilham do mesmo sistema de antepassados. Foi neste campo que ele percebeu de forma clara a influências das três leis nos relacionamentos.

Mais adiante, seu trabalho pôde ser ampliado e ele percebeu que essas regras se aplicam a todos os relacionamentos humanos, porém, com maior força de influência quando surge a partir das relações familiares.

As leis de Hellinger para os relacionamentos humanos são as seguintes:


Pertencimento

Todos que nascem em um sistema familiar têm o direito de pertencer a ele. Dessa forma, não há como alguém ser excluído, seja por qualquer motivo.

Então, quando os integrantes forçam a exclusão de uma pessoa, seja através do ato físico ou mesmo uma exclusão afetiva, na qual se nega o pertencimento a alguém, o sistema tende a se tensionar.

Este tensionamento do sistema é sentido nos integrantes que excluem e no sistema como um todo. Se mostra através de várias dificuldades na vida de alguém, de alguns ou às vezes de todos do sistema. As vezes se mostra a partir de doenças ou mesmo dificuldades emocionais, por exemplo.

O mais importante é reconhecer o direito de fazer parte que todas as pessoas possuem, principalmente na sua família de origem, mas também nas outras formas de relações humanas.


Equilíbrio

Quando estamos em relacionamentos, todos fazemos trocas. Seja de afeto, de atenção ou de recursos físicos.

Para o bom funcionamento do relacionamento e do sistema em que ele está inserido, é importante que as trocas sejam direcionadas a um equilíbrio, onde ambos os lados doam e recebem em quantidades semelhantes e equivalentes.

Se por algum motivo esta troca se desequilibra, o sistema tensiona, trazendo dificuldades para os indivíduos. Esse tensionamento tem o objetivo de forçar os integrantes a volta para um situação na qual a lei é respeitada.


Hierarquia

Quando olhamos para o nosso sistema familiar, percebemos que antes de nós vieram muitas outras pessoas: nossos pais, nossos avós, nossos bisavós, e assim por diante.

O reconhecimento da hierarquia ou da ordem dentro do sistema é essencial para o bom funcionamento dele.

Nesse assunto, Hellinger observou que quem vem antes tem precedência sobre quem vem depois.

A quebra dessa regra acontece quando os mais recentes no sistema tomam para si a responsabilidade de resolver os assuntos daqueles que vieram antes, seja como uma postura concreta, no dia-a-dia; seja numa postura inconsciente.


Como perceber o que atua na minha dor?

Com a terapia breve de Constelação Familiar é possível entrar em contato com o que atua nas dificuldades que experimentamos na vida e, de forma prática, encontrar uma boa solução que nos libere para crescer e viver o que faz parte do nosso caminho.

Quando estamos emaranhados, é comum quebrar uma das Leis da Vida e, por isso, acabamos trazendo ainda mais problemas para a nossa própria vida.

A Constelação Familiar é um caminho de volta para a restruturação do sistema, das relações e da nossa capacidade de viver de forma leve, com respeito a tudo que faz parte da nossa história.



Este conteúdo (textos, imagens e artes gráficas – exceto trechos de livros, citações de outros autores, e imagens de banco de imagens, quando houver) é exclusivo e produzido pelo Ipê Roxo – Instituto de Desenvolvimento Humano. Sua reprodução é permitida se acompanhada com o devido crédito: material de propriedade do Instituto Ipê Roxo – disponível em www.institutoiperoxo.com.br | Curadoria de conteúdo realizada por Ana Cht Garlet, professora do Instituto.


A Constelação Familiar é uma excelente ferramenta para o desenvolvimento pessoal.

Entre em contato conosco e saiba mais como ela pode ajudar você a encontrar um novo movimento.

 

Acompanhe o conteúdo do Ipê Roxo no nosso Facebook e no nosso Instagram

Deixe uma resposta