Categorias

Sobre o relacionamento entre pais e filhos – Constelação Familiar de Bert Hellinger
Ipê Roxo - Instituto de Constelação Familiar | 03/01/19 | 3 comentário(s)

Há um fluxo de vida que segue de muito longe, por muitas gerações, e que se repete sempre na mesma dinâmica: aqueles que são pais e aqueles que se tornam seus filhos. Mas o que a constelação familiar pode nos trazer de ensinamentos quando o assunto é o relacionamento entre pais e filhos?

No movimento desta energia que vincula pessoas, os primeiros cedem algo e os segundo recebem algo. Os pais cedem. Os filhos recebem.

Em primeiro lugar os pais cedem aos filhos a possibilidade de viver e de usufruir da vida. São eles nossa porta de entrada para o mundo. De tudo o que os pais dão aos seus filhos, este é o elemento mais importante e essencial.

Antes de continuarmos, convido você à assistir esta aula online com a Psicóloga Maria Inês Araújo Garcia Silva, sobre como melhorar o relacionamento e a comunicação com seus filhos. Está imperdível! Acesse agora mesmo.

aula online com psicólogo Instituto Ipê Roxo

 

Agora que lhe passamos essa dica complementar ao seu conhecimento, gostaríamos então, que apreciasse a leitura:

“A coisa mais valiosa que os filhos recebem dos pais — não importa quem estes sejam ou o que possam ter feito — é a oportunidade de viver. Ao receber a vida dos pais, os filhos os aceitam, e esses pais são os únicos possíveis para eles. Os filhos não podem acrescentar nem tirar nada à vida que os pais lhes deram; os pais, por sua vez, não podem tirar nem acrescentar nada quando se dão como pais aos filhos.” Bert Hellinger no livro “A simetria oculta do amor”

relacionamento entre pais e filhos constelação familiar

A única vida possível

Do encontro de um pai e de uma mãe uma vida se forma. E esta vida só encontrará o que lhe pertence por ter vindo deste pai e desta mãe. Quaisquer outras pessoas formariam um outro ser.

Então, filhos que fantasiam sobre a possibilidade de ter pais diferentes estão apenas praticando um ato de ilusão. Buscam uma fuga da realidade que a vida os impõem.

Da união que gera uma vida, os filhos acessam e passam a fazer parte de uma história que se encaminha há muito tempo. Uma história que contém suas bênçãos e suas dificuldades.

A partir do nascimento, os filhos passam a pertencer a um sistema e o pertencimento os força a olhar para as dificuldades que estão no sistema de sua origem, e às vezes, essa carga se torna pesada. 

É nesta hora que muitos filhos viram-se para seus pais e dizem: isso eu não quero de vocês. E passam a se auto-sacrificar pela exclusão que fazem em seu coração para aquilo que lhes pertence também.

 

“Os filhos adquirem segurança interior e sentido claro de identidade quando aceitam e reconhecem ambos os pais como são. Sentem-se incompletos e vazios quando excluem um deles, ou ambos, de seus corações. A consequência da exclusão ou desprezo de qualquer um dos pais é a mesma: os filhos se tornam passivos e se sentem inúteis. Eis uma causa bastante comum de depressão.“ Bert Hellinger no livro “A simetria oculta do amor”

 

Pais só podem dar o que têm

 

Pais não podem selecionar o que passam aos seus filhos. Na concepção e no cuidado diário, passam aquilo que tem e que receberam antes, de seus próprios pais. O que eles receberam é o que é possível  ser passado adiante.

 

“Essa primeira doação entre pais e filhos é diferente da doação e recebimento de presentes ou favores. Quando os filhos recebem dos pais a vida, tomam o que eles já haviam tomado antes de seus próprios pais. Em certo sentido, os filhos são os seus pais e avós. O amor floresce quando os filhos valorizam a vida que obtiveram — quando aceitam os pais como pais. Tudo o mais de que venham a necessitar para viver pode ser dado por outras pessoas, mas só os pais podem dar-lhes a vida.” Bert Hellinger no livro “A simetria oculta do amor”

 

Neste primeiro presente, já se mostra a grandeza dos pais. Pois gerar vida não é pouca coisa. É necessário, antes de tudo, coragem.

No caminhar da vida, os pais ainda dão muitas outras coisas, sem as quais não conseguiríamos sobreviver: eles nos alimentam, nos cuidam, nos protegem e nos cedem o afeto – da forma como é possível e que eles tenham para dar – para que possamos começar nosso desenvolvimento.

relacionamento entre pais e filhos constelação familiar

Dar e tomar

E nesta relação especial, pais dão e filhos recebem. E esta é a ordem correta.

Ainda que uma das leis dos relacionamento de Hellinger seja o equilíbrio no dar e tomar, na relação de pais e filhos o equilíbrio ocorre de forma transgeracional: o que filhos recebem de seus pais só poderá ser propriamente recompensando quando estes repassarem o que receberam adiante – seja para seus próprios filhos ou prestando um serviço à vida.

Dessa forma, os pais se sentem recompensados e honrados eles mesmos, pela parte que lhes compete neste fluxo.


Este conteúdo (textos, imagens e artes gráficas – exceto trechos de livros, citações de outros autores, e imagens de banco de imagens, quando houver) é exclusivo e produzido pelo Ipê Roxo – Instituto de Desenvolvimento Humano. Sua reprodução é permitida se acompanhada com o devido crédito: material de propriedade do Instituto Ipê Roxo – disponível em www.institutoiperoxo.com.br | Curadoria de conteúdo realizada por Ana Cht Garlet, professora do Instituto.


 

Conheça nossos cursos, formações e workshops:

Formação em Constelação Familiar >

Workshop Online de Constelação Familiar >

Curso Online para Casais >

Seminário Online Empresarial >

Curso Online de Direito Sistêmico >

Ver todos os cursos >

 

3 Comentários

  1. ISABEL CRISTINA FREITAS DUARTE

    Eu faz pouco tempo que tive o conhecimento da constelação mas fique bem enterresada gostaria de mais informaçao sob o asunto

    Responder
    • Ipê Roxo - Instituto de Constelação Familiar

      Olá Isabel!
      Leia os outros posts do nosso blog! Todos os artigos são sobre este tema! Tem muito material interessante.
      Bom proveito!

      Responder
  2. Maria Lúcia Zimmer

    A leitura dos textos acima me fez refletir ainda mais sobre minhas atitudes enquanto fllha e no momento commo mãe.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-book Gratuito sobre Constelações Familiares:

ebook-constelações-familiares

Baixar PDF >

Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades


Posts relacionados

Rua Professor Ayrton Roberto de Oliveira, 64 – 7º andar
Itacorubi, Florianópolis – SC
– Brasil
Fone: +55 48 9 9177-0079