Leis da Constelação Familiar: Um conhecimento vital para qualquer área de atuação

Vivemos em um tempo onde nossas funções profissionais estão sendo substituídas cada vez mais por automações e tecnologia. Uma pesquisa da empresa de consultoria Ernst &Young aponta que até 2025, pelo menos um terço dos postos de trabalho operacionais existentes serão substituídos por tecnologia inteligente (fonte).

Isso nos faz perguntar o que é essencial para se permanecer relevante e produtivo neste novo cenário que já se materializa.

A parte mecânica do trabalhos pode ser facilmente automatizada. O movimento repetitivo e as funções operacionais estritas são as primeiras a encontrarem esta nova realidade.

Porém, neste novo cenário um desafio permanece: como lidar com o variável, com aquilo que muda, sem padrão?

E neste contexto, de relacionamentos direcionados a um objetivo, como lidar com a emoção e os sentimentos humanos? E principalmente com a parte imaterial que nos guia diariamente?

Esta ainda é uma capacidade exclusivas dos seres humanos, pela sua grande capacidade de se adaptar e responder a mudanças do seu meio. E as profissões e profissionais que permanecerão em crescimento neste novo cenário serão aqueles que puderem lidar melhor com este componente complexo que é o comportamento humano.

Esta capacidade de se lidar melhor com os relacionamento no ambiente de trabalho já é algo visto como um diferencial atualmente. E será ainda mais importante à medida que caminhamos adiante como sociedade.

O Conhecimento Sistêmico

Neste ponto, o conhecimento trazido por Bert Hellinger através da compreensão das ordens sistêmicas tem grande valor.

Sua observação e sua experiência como psicoterapeuta encontrou um variado leque do comportamento humano e da influência que nossos comportamentos exercem sobre outros, em especial quando dentro de sistemas de grande influência, como empresas e principalmente, na nossa família.

O conhecimento de Hellinger é também característico pela sua abordagem prática. Fica clara a origem e os efeitos desse conhecimento, que facilmente identificamos em nossa vida e que nos auxilia a olhar para nossos relacionamentos de uma outra forma, e de outro lugar.

Conseguimos perceber melhor o que nos move e começamos a entender melhor outras variáveis que também movem os outros.

Nos ajuda a sair da pessoalidade (“tal pessoa faz algo para me prejudicar”) e vamos para um lugar mais amplo e de mais força para trabalhar com as dificuldades de relacionamentos, seja com clientes, pacientes, colegas de trabalho, gestores, colaboradores e nossa família.

“Os êxitos são obtidos quando muitos colaboram, cada um no seu lugar especial. Mesmo aquilo que tomam se transformará em sucesso para aqueles dos quais tomaram. Serão colaboradores de seus êxitos e dos outros. Querendo ou não, todos nós somos colaboradores. Portanto, nossos sucessos são comunitários.”

Bert Hellinger, no livro “Êxito na vida, êxito na profissão”.

O que atua nos relacionamentos?

Hellinger traz um conhecimento focado primeiramente nos relacionamentos familiares e como eles nos influenciam. Nós somos indivíduos sempre ligados a nossa origem, tanto em termos de cultura, valores e padrões morais, e cabe termos isto em mente quando nos relacionamos fora do nosso círculo familiar.

Cada um carrega em si uma lealdade à sua família e às características que a compõe. Isso é algo que atua no nível inconsciente e grande parte das pessoas não percebe sua influência.

Então, muitas vezes a postura difícil de alguém com quem nos relacionamos pode estar ligada a algo que entra em choque com um valor ou uma atitude do que eu carrego de influência do meu sistema familiar.

Sem o olhar mais amplo das ordens sistêmicas que atuam nos relacionamentos, é possível cair no lugar comum do conflito que perdura sem se resolver.

Porém, ao ter a capacidade de olhar o que atua é possível encontrar uma solução produtiva, trazer mais valor ao seu papel profissional e por consequência, ter melhores resultados. Em diversas áreas de atuação.

O que vem da família de origem

Isso porque somos fortemente influenciados por nossa realidade sistêmica familiar. Temos a tendência a espelhar em nossos relacionamentos, inclusive nos profissionais, questões não resolvidas de nosso lugar de origem, tanto nos aspectos afetivos até acontecimentos mais traumáticos de nosso sistema.

Estar conscientes desta influência é um caminho que nos permite um afastamento destas repetições e da busca de compensações que nos movem silenciosamente. E também nos auxilia a reconhecer de forma prática quando podemos estar em conflitos em que a solução exige um olhar aberto para tudo que conduz as pessoas envolvidas.

constelacao familiar ipe roxo

O que são estas ordens sistêmicas?

Em sua observação, Hellinger observou que há regras que devem ser respeitadas para que os relacionamentos possam ocorrer de forma produtiva e sem conflitos.

Assim como sabemos que a lei da gravidade atua sobre nós, quer concordamos com ela ou não, Hellinger descobriu que existem três parâmetros que devem ser respeitados em todos os relacionamentos, inclusive os profissionais.

Quando há uma quebra dos princípios dessas leis, as pessoas e o sistema envolvido tendem a se tencionar e vivenciarem dificuldades.

No campo profissional essas dificuldades aparecem de variadas formas: falta de clientes, baixo rendimento financeiro, sensação de peso na condução do trabalho, dificuldade de progredir na carreira, dificuldade em delegar tarefas, desequilíbrio de tempo trabalhado, excesso de tarefas para realizar em um espaço de tempo, dificuldade de execução de tarefas, sobrecarga, entre outros.

Então, conhecer estas leis e a forma como elas atuam se torna essencial em todas as áreas em que o relacionamento humano se faz presente. Conhecer as ordens sistêmicas é um aprendizado que traz um novo ângulo de lidar com pessoas e equipes, independente do papel que elas tenham na sua rotina diária.

Alguns profissões que se beneficiam desse conhecimento

A grande maioria das pessoas se relaciona com outras, em diversos papéis, ao longo de sua rotina diária. Enquanto profissionais, reconhecer o papel definidor dos relacionamentos para seus resultados é um diferencial poderoso. Colocamos aqui alguns exemplos, cientes que não conseguimos reunir todas as profissões e papéis possíveis em apenas um artigo:

  • Médicos: O conhecimento da Constelação Familiar irá auxiliar a ampliar o olhar para o paciente e as características do seu tratamento: sua recusa/dificuldade em seguir o que foi prescrito; o apego à sua condição de saúde; dificuldades no relacionamento médico/paciente; entre outros.
  • Administradores: Reconhecer o seu papel na equipe e na empresa; como atuar de forma mais eficiente dentro do seu escopo de ação; como saber se relacionar de melhor forma com cada pessoa da equipe.
  • Professores: Reconhecer dificuldades de relacionamentos e aprendizagem com alunos e a forma de lidar melhor com elas; reconhecer, principalmente no ensino básico e fundamental, como cada criança vive fortemente vinculada à sua realidade familiar e como isso influencia seu caminhar na sala de aula.
  • Terapeutas integrativos: Olhar de forma ampla para tudo aquilo que influencia a saúde e as emoções dos seus clientes; descobrir uma nova forma de lidar com as dificuldades que seus clientes trazem e um caminho para trabalhar a responsabilidade pessoal de cada um;
  • Advogados: Encontrar seu lugar na atuação de conflitos entre familiares, empresas, poder público e poder privado; atuar com mais leveza reconhecendo o limite de sua ação nas muitas demandas dos clientes; olhar para soluções viáveis dentro das verdadeiras reivindicações das ações judiciais;
  • Psicólogos: Ampliar o olhar para as razões sistêmicas de questões de transtornos, emoções e bloqueios na vida dos clientes; aprofundar-se nas formas de  influência familiar no comportamento do cliente.
  • Empresários: Descobrir o que atua na sua empresa e no relacionamento dela e seus colaboradores, público externo, fornecedores; como encontrar meios de atuar estrategicamente conectado com o campo da sua história empresarial.

Todas as profissões que lidam com pessoas se beneficiarão desse conhecimento, e é por isso que queremos convidá-lo a conhecer um curso que tem levado a Constelação Familiar de Bert Hellinger para muitos profissionais que hoje se beneficiam dessa nova postura.

A Formação em Constelação Familiar Sistêmica de Bert Hellinger.

Nossa nova turma de Formação em Constelação Familiar e Sistêmica segundo Bert Hellinger, Turma 09 já está com as inscrições abertas para as aulas que começam em março de 2019.

O Instituto Ipê Roxo é pioneiro em Florianópolis com o atendimento em Constelação Familiar, contando com mais de 10 anos de experiência neste campo de conhecimento.

Este é um trabalho direcionado para pessoas que querem agregar uma postura nova ao seu trabalho e que desejam conhecer um trabalho revolucionário que está mudando de forma profunda a vida de muitas pessoas e o trabalho de profissionais de várias áreas em todo o mundo.

Este curso aborda o conhecimento dos relacionamentos familiares e humanos conforme observado por Bert Hellinger.

Um curso em 6 módulos, com início em março de 2019.


Saiba mais sobre este curso completo em Constelação Familiar pelo Instituto Ipê Roxo


Este conteúdo (textos, imagens e artes gráficas – exceto trechos de livros, citações de outros autores, e imagens de banco de imagens, quando houver) é exclusivo e produzido pelo Ipê Roxo – Instituto de Desenvolvimento Humano. Sua reprodução é permitida se acompanhada com o devido crédito: material de propriedade do Instituto Ipê Roxo – disponível em www.institutoiperoxo.com.br | Curadoria de conteúdo realizada por Ana Cht Garlet, professora do Instituto.


Fale conosco e saiba como a Constelação Sistêmica pode acrescentar força na sua atuação profissional.

Fale conosco pelo formulário abaixo.

Deixe uma resposta