12 passos até nossos pais – Constelação Familiar e Sistêmica de Bert Hellinger

Temos uma proposta para você.

Sabemos, por nossa experiência nas constelações, que todo filho ama seus pais.

Mesmo quando com muito esforço ele tenta provar o contrário, quando vamos para o campo e observamos o movimento da alma, esse amor fica desnudado, visível aos olhos de todos.

Sofremos muito na busca da reciprocidade desse amor. Por vezes, acontece um movimento interrompido na direção de nosso pai ou nossa mãe, quando ainda somos muito crianças e despreparados para compreender o que acontece a nossa volta, e por esse motivo, algo se coloca entre nós e os nossos pais.

Um movimento interrompido é quando, em um determinado momento, sentimos a necessidade da proteção e afeto dos nossos pais, mas por algum motivo não foi possível. Pode ter sido durante a internação em um hospital, um momento na escola, ou alguma situação em que os pais não estavam imediatamente disponíveis.

A criança não possui ainda capacidade de compreender e faz a leitura de que está sendo abandonada, emoção que a marca de forma muito profunda. Esse movimento, quando acontece, fica gravado no inconsciente e corpo. Ela passa então, a sentir com todas as forças que não deve ou não pode contar com o colo que está ali à disposição.

Isso é mais comum do que pensamos e acontece com muitos de nós.

Sentimos medo de passar por todo o trauma, de reviver e confirmar que aquele afeto não está ali, para nós. Nosso corpo está sendo guiado pela criança que se sente indefesa e deseja a segurança que só sente com seus pais.

O mais difícil é que, quando passamos por uma situação como esta, tendemos a bloquear incoscientemente os movimentos dos pais até nós e o nosso movimento a eles. É como uma proteção pessoal.

Ao mesmo tempo, ao fazermos isso, perpetuamos a idéia que não recebemos o afeto que esperamos, sem perceber que também contribuimos para a dificuldade de não chegarmos aos nossos pais ou talvez sem perceber outros momentos em que fomos amados e cuidados por nossos pais, do jeito que foi possível, do jeito que eles com seus próprios emaranhamentos e dificuldades, conseguiram fazer.

Por isso, a proposta do início do nosso artigo.

Leia as caixas a seguir com calma, mantendo-se mentalizando a imagem que acompanha cada uma por pelo menos um minuto. Traga cada frase para sua realidade, imagine os rostos das fotos como o de seu pai, de sua mãe e o seu.

Observe o que isso aflora em você.

Vá com calma, aos poucos, e deixe que o que há de interrompido em você reencontre seu fluxo.

Vá com calma.

Você tem tempo.

Eles estão disponíveis para você.

Faça seu movimento.

Encontre seus pais em seu coração.


Os 12 passos até nossos pais














Acolha-os.

Acolha-os.

Acolha-os.


Segunda Dra Ursula Franke, os princípios fundamentais para se honrar nossos pais, são:

1. Na medida em que você concorda com passado, cresce também a capacidade de dominar o presente.
2. Seu pai e sua mãe sempre agiram no momento oportuno tão bem quanto puderam.
3. Eles passaram todos os recursos que tinham para o seu crescimento.
4. Você possui uma força vital especial vindo somente deles.

Assim, com seu papai e mamãe no coração, siga seu caminho.


Bert Hellinger, o criador das Constelações Familiares, nos instrui um pouco mais:

“Se olharmos para nossa família, para os ancestrais vindos de nosso pai e mãe, vemos que por trás de cada um está o seu destino de forma imponente.

Voltamo-nos para cada uma dessas pessoas e olhamos para além dela, diretamente para o seu destino. Curvamo-nos diante desses destinos e retiramo-nos de maneira que cada um permaneça com o seu.

Depois viramo-nos de costas para as pessoas e vemos o nosso destino diante de nós. Curvamo-nos diante dele, entramos em sintonia com o mesmo e concordamos com ele da maneira como ele é.

Quando o aceitamos,experimentamo-nos vinculados e livres ao mesmo tempo.
Nada é maior do que eles.
NADA!”

Saiba, da maneira que foi possível, nós fomos muito amados por nossos pais.

Eles, assim como nós, talvez estiveram emaranhados, porém, estejamos certos, que fizeram o possível, dentro do espaço e da compreensão que tinham.


Aceita o desafio?
Olhe com amor e respeito à seus pais, permita-se sentir a gratidão pela força da vida que chegou a você através deles e, então, siga firme pela vida, andando sobre seus próprios pés, com a certeza de que há raízes que o sustentam sempre.


FALE CONOSCO!

2 comentários sobre “12 passos até nossos pais – Constelação Familiar e Sistêmica de Bert Hellinger

Você gostou deste post? Trouxe algo novo? Agradecemos seu comentário para que possamos melhorar nosso conteúdo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s