Grupo de Lobas: uma celebração sobre nosso ano de 2016.

O grupo de empoderamento feminino através dos contos de Clarissa Pinkola Estés e a celebração das conquistas de 2016.

O livro “Mulheres que correm com os Lobos” de Clarissa Pinkola Estés, é a base do trabalho feito no grupo de Lobas do Ipê Roxo. Liderado pelos psicólogos Sonia Farias, Paulo Pimont e Geiziane Barcelos Braglia o grupo fez no último dia 09 de novembro a celebração anual deste projeto tão enriquecedor.

Sonia, que é também a idealizadora deste projeto, escreveu um texto sobre a ocasião. Leia após a galeria de fotos.

‘O sabor da vida depende de quem tempera!’

Assim começou nossa celebração 2016.

Por quatro anos as Lobas do Ipê Roxo tem celebrado a vida da Mulher Selvagem com o canto da criação. Há quinze anos, grupos de mulheres se reúnem em torno dos contos do Livro: Mulheres que correm com os Lobos. Histórias que curam dores, tratam feridas e encontram os corações, exatamente onde e como estão. O tempero que La Loba, a verdadeira Mulher Selvagem, tem nos ensinado resgatar, recolher e organizar nossos ossinhos. Então chega a hora do canto e da dança. Foi esse o tom da celebração 2016.

Na Lagoa da Conceição, no restaurante ‘Uma Rosa’, o canto e a dança celebraram a ressurreição de La Loba dentro de cada mulher. A vida ganhou novo sabor com os depoimentos, as exposição de obras de arte e a dança Flamenco. Cada mulher encontrou seu espaço, seu jeito, e o retorno às suas famílias. Este foi uma ano de choro, dor e superação. Após testes e provas; com a força de La Loba obstáculos foram superados. Com aprendizados, guardados na alma, a Mulher Loba retorna brilhante, criativa e mais apaixonada para o novo ano.

Com amor atualizado, tornaram-se autenticas amantes, com coração tratado, verdadeiras curandeiras. Com o fogo criativo liberaram a artista que traziam dentro de si. Assim a vida se mostrou, linda, leve e forte. Como dizia Paulo de Tarso, o apóstolo, “viver a vida é viver em novidade de vida”; por isso o sabor da vida depende de quem tempera.

Que 2017 seja contemplado com um SIM ao tempero da alegria e da esperança. Com carinho de sempre.

Sonia Farias.

O grupo de Lobas do Ipê Roxo

img_20161121_105843-01A grande idealizadora desta trabalho é a Psicóloga Sonia Farias. Com Pós-graduação em Terapia de Casal e Família pelo Instituto Phileo/PR, e Formação em Constelações Sistêmicas pelo Instituto Spelter/SP e por Hellinger Sciencia em Barcelona/Espanha, Sônia tem vasta experiência no atendimento psicoterapêutico de famílias, conduzindo-as a um caminho de crescimento e cura, através do reforço aos vínculos saudáveis de amor entre seus membros.

Há muitos anos entrou em contato com a livro da Dra. Clarissa e começou a trabalhar com ele, primeiro na terapia individual e depois em Grupo de Mulheres.

Com o passar do tempo, Sônia foi percebendo o poder restaurador contido em cada conto e foi vendo, com seus próprios olhos, o desenvolvimento e a recuperação da força, da auto-estima, do centramento das mulheres que participavam dos Grupos.

Há alguns anos, o colega Paulo Pimont passou a fazer parte da equipe de facilitadores do trabalho com os Contos de Clarissa e em 2016 Geiziane também passou a integrar a equipe.

Desde então, centenas de mulheres já participaram dos Grupos Terapêuticos semanais e também intensivos, em várias cidades de SC, PR e também SP.

Saiba mais sobre nossos encontro e datas aqui: Lobas


Deixe seu comentário abaixo ou endereço de e-mail para receber conteúdo do Instituto Ipê Roxo

Um comentário sobre “Grupo de Lobas: uma celebração sobre nosso ano de 2016.

Deixe uma resposta