CONSTELAÇÃO FAMILIAR – O nosso sistema familiar corre no nosso sangue

geraçaoEm nossos workshops de Constelações Sistêmicas, muitas pessoas ficam impressionadas com a força dos sistemas familiares que se mostram.

Ao vir ao mundo no seio de uma família, não herdamos somente um patrimônio genético, herdamos as crenças e os comportamentos que são válidos neste sistema familiar. Há muitas pesquisas em andamento buscando a comprovação científica de que essas crenças e comportamentos possam ter influências no próprio genoma, ou seja, elas modificam inclusive as nossas células.

Nossa família é um sistema, um campo de energia no interior do qual, nós evoluímos e crescemos. Cada um, desde seu nascimento, vai ser uma parte deste todo e precisa ter o seu lugar, independente de quem seja e como seja. Todos fazem parte.

Somos muito mais parte deste todo, do que pensamos. A escritora Juliana Pinheiro, que experimentou o trabalho das Constelações Familiares escreveu: “pensando sobre a minha família, lendo e estudando sobre sistemas familiares nos últimos tempos, percebi a total ligação entre quem somos e a família da onde viemos”.

E ela ressalta, de forma muito fácil de entendermos, que muitas pessoas pensam que ficando longe dos seus pais, não haverá mais qualquer relação, mas estão equivocadas. O sistema familiar corre no nosso sangue, inunda a nossa alma e exerce controle sobre tudo o que fazemos, sobre tudo o que falamos e tudo o que nós somos.

Inscreva-se em um de nossos Workshops AQUI!

O exemplo da natureza que nos ajuda a compreender

946980_610287955680382_1129546035_n

Maristela Nardy, consteladora familiar, trouxe em um artigo, uma bela metáfora, que nos explica bem a força do movimento do sistema sobre um dos seus membros.

Uma ave quando voa pode voltar-se para qualquer direção, mas o que vemos é o bando conduzir-se como um todo. Cada ave submete-se ao esquema geral do bando e, graças a essa submissão, continua a participar do grupo. De vez em quando, uma ou outra pode sair um pouco do movimento, para em seguida, juntar-se ao todo novamente. Ela é parte do movimento, ela influencia, mas não determina o movimento. Experimente, na próxima revoada de pássaros, fazer esta observação.

Na Constelação, para achar uma solução para o cliente, o terapeuta olha para além do indivíduo. Apenas abrir a mente e olhar para algo maior, para ligações ou conexões além das óbvias, para o amor que une o grupo e faz os indivíduos se sacrificarem por ele.

Bert Hellinger nos fala que há, além do inconsciente individual e do inconsciente coletivo, um “inconsciente familar” que atua em cada membro da família.

Se você se interessa pelo tema, participe de nossos workshops de constelações, onde trabalhamos com vários temas como: doenças, dificuldades de aprendizagem, dificuldades no trabalho, impossibilidade de ser bem sucedido na profissão ou em empresa, relacionamento de casal, relacionamento entre pais e filhos e outros.

Ana Garlet, Coach e Consultora Sistêmica – www.anagarlet.com.br

Imagem: Registro do vôo dos estorninhos, no jornal britânico Daily Mirror

Nossa equipe realiza vários trabalhos, alguns em grupos e outros individuais, além de cursos e workshops. Se você quer reservar sua vaga em um deles ou receber nosso contato, inscreva-se ou solicite informações aqui. 

Gravamos alguns podcasts quando Bert veio ao Brasil

Saiba mais sobre ele aqui:

https://soundcloud.com/ana-garlet/sophie-hellinger-d1-percep-es

https://soundcloud.com/ana-garlet/sophie-hellinger-d2-pais-m-es

https://soundcloud.com/ana-garlet/sophie-hellinger-o-trabalho

Um comentário sobre “CONSTELAÇÃO FAMILIAR – O nosso sistema familiar corre no nosso sangue

Deixe uma resposta