Conversando com Bert Hellinger

A SERENIDADE9398636673_af06aa62cc_b

“É sereno quem pode deixar alguma coisa: uma preocupação, o rebuliço do coração depois de uma ofensa, uma humilhação ou uma calúnia.

Também é sereno quem pode abandonar velhos sonhos, velhas reivindicações, velhas queixas, liberando o coração, que fica tranquilo, contido e preparado para o que é possível e nos é dado no momento presente.

É sereno, ainda, quem perdoa, no sentido de deixar que algo seja e fique no passado, ao invés de carregá-lo. Essa serenidade é uma força sem emoções, uma atitude centrada e pronta para o que vem e para o agora.”

Deixe uma resposta